Fonte: IBGE. Estudos e Pesquisas. Informação Demográfica e Socioeconômica. N. 38. Estatísticas de Gênero – Indicadores sociais das mulheres no Brasil.

 

As atividades domésticas são fundamentais para a reprodução da vida humana. O cuidado do neném, a roupa limpa e o alimento preparado são aspectos fundamentais para a saúde física e mental e que tornam a vida possível: a produção, as relações e o prazer. Se todos necessitam igualmente dos produtos do trabalho doméstico, porém, deveria ser uma responsabilidade compartilhada igualmente entre todos, não é?

Não é bem assim. Como mostra o gráfico acima, no Brasil, as mulheres gastam quase o dobro do tempo em relação aos homens quando o assunto é trabalho doméstico, inclusive as mulheres “ocupadas”, ou seja, as ativas no mercado de trabalho. Essa realidade impõe às meninas e às mulheres uma sobrecarga de responsabilidades que tem implicações em sua saúde mental e física. Além disso, devemos nos perguntar quais atividades as mulheres estão deixando de fazer para que os homens usufruam de mais tempo livre?

 

Autora: Mariana Parreiras, graduanda em Administração Pública na Fundação João Pinheiro, sob a supervisão de Bruno Lazzarotti, pesquisador na Fundação João Pinheiro. 

Deixe um comentário

Fechar Menu