O Nexo Jornal analisou, a partir dos resultados da prova de 2017, a relação entre a escolaridade dos pais e a distribuição das notas dos participantes de acordo com as áreas do conhecimento e por grupos de renda, raça/cor e gênero. Em todos os recortes e disciplinas analisados, a seguinte relação se mostrou verdadeira: quanto maior a escolaridade dos pais, maior a nota média do filho. Ainda, o maior salto na nota do participante se dá entre aqueles com pais que possuem ensino médio completo para aqueles com pais com ensino superior completo.

Outro ponto da reportagem não é surpresa quando pensamos nas diversas desigualdades brasileiras: brancos, de renda mais elevada e estudantes de escolas particulares possuem desempenhos melhores no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para todos os níveis de escolaridade dos pais. Ou seja, mesmo que ambos os estudantes tenham pais que nunca estudaram ou ainda que ambos tenham pais com ensino superior completo, os brancos, os de renda mais elevada e os estudantes de escolas particulares conseguem notas mais altas no Enem.

Análise feita a partir de reportagem disponível em: https://www.nexojornal.com.br/grafico/2018/10/19/A-escolaridade-dos-pais-e-o-desempenho-dos-filhos-no-Enem

Imagem: Freepik

Deixe um comentário

Fechar Menu